Pré-carregamento

Três segundos e o produto dos seus sonhos

Três segundos e o produto dos seus sonhos

Quem frequenta o TikTok já deve ter visto um vídeo ao menos de uma empresa chinesa vendendo todo tipo de bugiganga. Eles fazem parecer que um pequeno apartamento vira uma cápsula de nave espacial de 2340. E o melhor: ainda vem com historinha!

E essa venda de estilo de vida não se limita apenas à sua casa, também se estende ao ambiente de trabalho. Que tal trabalhar num lugar fofo e ainda poder esquentar uns gyozas para fazer aquele lanche?

Entretanto, venho hoje falar não apenas sobre esses vídeos que deixam todos com vontade de comprar, lideram para o perfil e, posteriormente, para o link do produto. Venho expor um desastre apocalíptico nas redes: as vendas de três segundos.

@vicenews

After Zheng XiangXiang’s viral success, Douyin decided to make a new rule prohibiting this type of sale and any others that showcase products with little to no information on a livestream. #zhengxiangxiang #douyin #sales #selling #viral #china #influencer

♬ original sound – VICE News

Isso mesmo, a influenciadora e vendedora Zheng XiangXiang, no seu melhor traje, mostra o produto sortido – desde roupas até eletrodomésticos – por três segundos. E arrecadou supostamente 13 milhões de dólares em uma semana. 

Por mais incrível que pareça, a estratégia de vendas deu muito certo entre os internautas e, principalmente, entre os 500 milhões de seguidores da influenciadora. 

O método, considerado “desonesto” por muitos (dado que mal eram compartilhados os detalhes dos produtos), foi proibido pelo governo chinês no Douyin, o aplicativo do país equivalente ao TikTok.

E o que isso diz sobre a nossa sociedade consumidora?

De primeira, vemos como a seletividade de produtos está muito mais afunilada à indicação de figuras “importantes” do que pesquisa própria. Muitas tendências também se aplicam a esse movimento, como os dos copos Stanley, em que diversas pessoas compraram um apenas pelo fato de ser algo que todos queriam. O mais cômico foi a comunicação da empresa que os copos contêm chumbo em sua composição. Pouco, mas contêm. Isso levou uma massa de proprietários dos copos a jogarem-nos no lixo.

@m.maddy.reed

also if youre gonna throw out $150+ like that i’ll take it #sustainability #granola

♬ original sound – Maddy |

Em um segundo momento, podemos analisar esta questão como um “buraco mais embaixo”. O rápido consumo e descarte de produtos é um problema que gera muitos outros, desde aumento de aterros sem separação devida de detritos a dessensibilização dos compradores. 

Um bom documentário sobre a visão dos trabalhadores de empresas supostamente consideradas sweatshops é o “Sweatshops: Deadly Fashion”. Ele demonstra como a precariedade do serviço é uma realidade difícil de mudar hoje em dia.

De qualquer forma, é difícil pensar em uma solução tangível para essa questão. Pegar todo mundo pela mão e dizer para serem mais criteriosos na escolha de produtos? Exigir políticas que sejam justas para todas as etapas da cadeia de produção? Tudo muito difícil para quem não quer sair do sofá depois das 18h. 

Enfim, vou assistir uns TikToks para me distrair.

Go hardcore, or go home
Postou 12 junho 2024

Go hardcore, or go home

A biografia de Musk é imprescindível “The Man Who Followed Elon Musk Everywhere” é uma entrevista com Walter Isaacson, autor da biografia do empreendedor, conduzida pelo canal “The Diary Of A CEO” que aborda diversos aspectos da vida e carreira de Elon Musk. Mesmo autor da...

LEIA MAIS
Revival de Séries: os 20 anos de Shrek 2
Postou 29 maio 2024

Revival de Séries: os 20 anos de Shrek 2

Você se lembra do ano de 2004? Era uma época mais simples.  Mark Zuckerberg recém fundava o Facebook, Lost estreava na TV e enchia os fóruns de teorias e Hey Ya do Outkast tocava infinitamente na rádio e nos canais de música. Também foi o ano que lançou uma das sequências mais...

LEIA MAIS
Fique por dentro!
Receba nossas últimas novidades por email.
Fique por dentro!
Receba nossas últimas novidades por email.
Você está inscrito!
Obrigado.
Obrigado.
Você está inscrito!
Envie isso para um amigo